domingo, 9 de novembro de 2008


"I believe there's a hero in all of us...
...that keeps us honest...
...gives us strength...
..make us noble...
...and finally allows us to die with pride.
Even though sometimes we have to be steady...
...and give up the thing we want the most.
Even our dreams."

2 comentários:

Nero disse...

pois é, meu... o "Noir" é entendido, do ponto de vista crítico-acadêmico, como um fenômeno que visa à representação da crise de identidade masculina: toda aquela masculinidade dos detetives machões, o envolvimento com a "femme fatale", a violência, a temática recorrente do crime, seriam a resposta às evoluções do feminismo, do pós-guerra, em suma, da obrigatoriedade de manifestação do estereótipo de "homem DURO", áspero, rispido etc.... falou....

Nero disse...

o cara do meu filme apareceu enquanto estavamos gravando o filme do ninja; dai eu precisaa de um personagem pra fazer um filme de ate 3 minutos pro festival de brasilia e fiz; os textos sao do thiago de melo (poeta amazonense) e tb do papa joao paulo II (proferido por ele)... ta escrito no começo do filme... abraço...