quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Pra que serve uma festa de formatura?

Abri o meu e-mail e tinham dezesseis novas mensagens, todas do grupo de formatura, todas referentes a escolha das fotos para o convite. Não vou ser radical, uma cerimoniazinha é legal, umas lembrancinhas também, deu trabalho terminar o curso, mas precisa de toda essa preocupação? Toda essa mobilização? Todo esse ai meu Deus tem que ser perfeito?
Por mim estou nessa porque minha mãe quer fotos, e foi dela todo o incentivo e apoio ao meu ingresso no ensino superior.

2 comentários:

Nero disse...

eu já sou mais radical... formatura é pra frutinha... hehe
brincadeira. até agora escapei de todas as minhas formaturas, mas na tua eu vou sim, com certeza...
quanto aos seus comentários sobre solidão, mas não partilho do mesmo ponto de vista... acredito que a condição do ser humano é estar só e que tal condição não depende da realidade histórica ou social da espécie, mas sim como algo inerente á própria constituição do humano. é claro que somos afetados e mesmo "construídos" na evolução de nossas experiências no mundo, contudo, na minha visão, a solidão seria inata ao homem, explico melhor: mesmo que se parta da premissa de vygotsky, que diz "o ser humano adquire através da linguagem a experiência humana acumulada e assim se desenvolve", sustento minha argumentação na idéia de que mesmo toda interação social possível não retira o homem de sua condição solitária; (vide os casos de opressão social, timidez exagerada, sem falar nos pânicos e outras patologias). tome o exemplo de um casal, a famosa solidão a dois: mesmo com todo o companheirismo do mundo, há momentos de completa solidão. com a frase "a condição essencial do ser humano é estar só" não quero dizer que seja a única condição, e sim a condição predominante. quando se deita pra dormir, não te dá a sensação de que está sozinho no mundo, que todos desapareceram? enfim, idéias desse tipo que eu poderia desenvolver melhor aqui, mas estou com preguiça... a justificativa do filme é perseguir essas respostas; talvez ao final eu possa concluir que eu estava errado; nunca se sabe.... obrigado por comentar: respeito sua opinião; embora eu tenha uma visão diferente a respeito... falowsssssss

Bruna disse...

É que o que importa é se divertir.O resto "é neura".